fbpx

Ryzen 9 3900X é o processador top de linha da terceira geração da AMD. Com 12 núcleos, 24 threads e velocidades que podem bater 4,6 GHz, o chip tem performance de destaque em produtividade e se sobressai em tarefas multicore.

Em 18/07/2020  09:37

AMD Ryzen 9 3900X com 12 núcleos

Com preços a partir de R$ 3.699 no Brasil, o top de linha da AMD rivaliza com os Core i9 9900K e Core i9 10900K, de nona e décima gerações da Intel, respectivamente. Confira a seguir mais detalhes sobre o Ryzen 9 3900X e saiba o que esperar em termos de performance do processador premium da AMD.

Ficha Técnica AMD Ryzen 9 3900X

  • Lançamento: julho de 2019
  • Preço: a partir de R$ 3.629
  • Velocidade: de 3,8 GHz a 4,6 GHz
  • Núcleos/Threads: 12/24
  • Memória Cache: 64 MB em L3
  • Memória RAM: até dois canais de DDR4 a 3.200 MHz
  • Solução de vídeo: não tem
  • Soquete: AM4
  • TDP: 105 Watts

Especificações

O chip da AMD está entre os top de linha do mercado e se destaca pela oferta de 12 núcleos de processamento, combinados ainda com o suporte ao SMT – o equivalente ao Hyper Threading das CPUs Intel –, subindo o número de threads para 24. Na velocidade, o componente também tem números interessantes, como clock base de 3,8 GHz e turbo de até 4,6 GHz. Em relação à memória cache, são 64 MB em L3, e o chip pode controlar até dois canais simultâneos de memória RAM DDR4 de 3.200 MHz.

Como é comum em processadores da AMD para desktop, o Ryzen 9 3900X não possui placa de vídeo integrada e, a depender da placa-mãe escolhida, pode passar por overclock. Um diferencial importante do modelo é o suporte à tecnologia PCIe Express 4.0, recurso ausente mesmo nos processadores Intel de décima geração.

AMD Ryzen 9 3900X

Desempenho

Desde a primeira geração, os Ryzen têm tido grande vantagem diante da Intel em termos de performance multicore, situações em que todos os núcleos do processador são colocados para trabalhar. Com 12 unidades, o Ryzen 9 chama atenção nas comparações de performance. Os testes do site PCWorld, por exemplo, mostram que, em um teste bem próximo às situações reais de edição de vídeo, o 3900X da AMD tem vantagem de 42% sobre o Core i9 9900K da Intel.

Se o trunfo da AMD está em performance com vários núcleos acionados, a Intel vem mantendo resultados significativos em relação ao desempenho com um único núcleo sob alta demanda. Esse cenário ainda é o mais comum nos aplicativos utilizados no dia a dia, e condiz mais com o que o chip vai apresentar em um uso casual.

Ainda de acordo com o portal PCWorld, o Ryzen 9 3900X é entre 2% e 3% inferior ao i9 9900K nos testes single-core do Cinebench R15. A vantagem é pequena, sobretudo ao levar em conta a velocidade até 8% maior do processador Core i9, em números.

Análises com games são ainda mais significativas, e o PCGamesN produziu um comparativo com uma série de títulos que forçam o processador. Ao rodar o Civilization VI em 4K, por exemplo, o Ryzen 9 3900X produziu uma nova jogada a cada seis segundos, intervalo que foi o mesmo do Core i9 9900K ou do Ryzen 7 3700X.

Já em Total War: Three Kingdoms, o top de linha da AMD permite que o sistema entregue uma média de 91 fps rodando em Full HD, enquanto o Core i9 oferece média de 106 fps. Outros jogos testados pela publicação apresentaram resultados parecidos, com o Core i9 aparecendo com performance média superior. A razão para isso está no fato de que os games ainda são mais otimizados para processadores Intel.

AMD Ryzen 9 3900X com 12 núcleos

Além do Core i9 9900K, outra opção é o Core i9 10900K, de décima geração da Intel. A marca chega a classificar o processador como “a CPU gamer mais rápida do mundo”. Em testes, a promessa se cumpre, já que o componente supera o Ryzen 9 pelo mesmo conjunto de fatores que explicam os resultados do Core i9 de nona geração.

Nada disso contra-indica o Ryzen 9 3900X para games, apenas fortalece a proposta do top de linha como uma alternativa melhor para quem pretende montar um sistema dedicado a trabalhos mais pesados, como edição de imagens, vídeos ou até mesmo modelagem 3D.

AMD Ryzen 9 3900X com 12 núcleos

Consumo

A AMD afirma que o Ryzen 9 3900X tem uma TDP de 105 Watts quando submetido a alta demanda. Esse valor reflete a quantidade de calor que o processador vai liberar nessas situações e, ainda que não seja um valor absoluto de consumo, dá uma ideia de quanta energia a CPU precisa. Os 105 Watts são um valor relativamente alto para o processador, e devem exigir um sistema de refrigeração mais robusto.

O chip da AMD é vendido com o cooler Wraith Prism, oficial da marca, e que deve ser suficiente para dar conta das necessidades do processador em suas configurações padrão. Quem for atrás de overclock pode precisar investir em ventoinhas mais poderosas.

AMD Ryzen 9 3900X com 12 núcleos

Assim como outros chips Ryzen, o modelo é equipado com soquete AM4. Mas vale ressaltar que isso não significa que todas as placas AM4 funcionam normalmente com o chip: em alguns casos, o suporte pode depender de atualização da BIOS. Também é recomendado o uso de placas com chipset X570 da AMD porque a plataforma, mais recente, dá ao processador acesso a recursos como o PCle para placas gráficas e SSDs.

De qualquer forma, o chipset X570 é um modelo top de linha e aparece apenas em placas mais caras para CPUs AMD. Seus preços variam na faixa dos R$ 1,5 mil. Quem quiser abrir mão das novas tecnologias pode ir em busca de modelos mais em conta, como as opções com chipset B450, também compatíveis e à venda por cerca de R$ 650 no mercado brasileiro.

Concorrentes

Na mesma pegada top de linha, o Ryzen 9 3900X é comparável aos Core i9 9900K e i9 10900K, de nona e décima geração, respectivamente. Em relação aos preços o modelo da AMD está à venda por R$ 3.629, enquanto o Core i9 9900K aparece por a partir de R$ 3.499.

Intel core i9

Já o Core i9 10900K, ainda é difícil de encontrar no Brasil, mas foi lançado por US$ 488, aproximadamente R$ 2.636 na cotação atual, sem impostos. Uma opção que pode ser interessante e tem desempenho mais próximo ao chip de décima geração da Intel é o Core i7 10700K, disponível para comprar por, pelo menos, R$ 2.824.

Custo-benefício

O Ryzen 9 3900X é um processador top de linha, e promete não decepcionar: são 12 cores, velocidades altas, suporte a overclock e resultados relevantes em benchmarks. Além disso, o produto pode encaixar normalmente em uma placa com soquete AM4, algo que facilita o upgrade para quem já conta com um chip AMD. Mas, caso a ideia seja comprar uma nova ou montar um PC do zero, vale buscar por opções com suporte ao PCIe 4.0, tecnologia que ainda não chegou às CPUs Intel mais recentes.

O grande ponto positivo do Ryzen 9 é o desempenho em produtividade, sobretudo para utilizar aplicações que aproveitem os 12 núcleos e 24 threads do processador. Dessa forma, o componente pode agilizar fluxos de trabalho e se sobressair nesses cenários. Apesar disso, é importante ter em mente o tipo de uso desejado. Chips como o Core i9 10900K, chamado de “melhor processador do mundo para jogos”, e seu antecessor devem mesmo ter melhor rendimento ao rodar games.

Fonte: TechTudo

Destaques

Drivers Positivo Union UL7550

ALL IN ONE POSITIVO UNION UL7550, DESIGN MODERNO EM UM COMPUTADOR COMPLETO TUDO O QUE VOCÊ PRECISA DE UM COMPUTADOR EM APENAS UMA TELA

  • Download Movavi Video Editor

Download do Movavi Video Editor

Movavi Video Editor um editor de vídeo bastante potente. Cumpre desde as tarefas mais simples como colar partes de arquivos, até montar tutoriais com a sua própria voz e fazer montagens de animações.

  • Marketing digital de Alto Impacto

Marketing digital de Alto Impacto

Marketing Digital de alto impacto é um conjunto de recursos e atividades exclusivas em nossa plataforma, associada com técnicas de neuromarketing

  • Marketing digital

Marketing Digital

Não resta dúvida sobre a utilidade e o crescimento do Marketing Digital nos últimos anos, e muitos empresários já sabem disso. E você?

2020-07-18T09:47:19-04:00
×